31 agosto 2014

Ensaio Fotográfico - Lisa Yadomaru

Oi, gente!
Como passaram a semana?
Eu estou totalmente atolada e essas duas semanas serão o demônio por causa das provas de fim de semestre.

Ensaio Fotográfico
Lisa Yadomaru de Bleach
Riah Comic Shop
24 de Agosto de 2014
Fotos por Julio Buosi


Semana passada eu participei de um ensaio com o Julio do Projeto Cosplay, postei algumas fotos no post anterior. 
Hoje quero postar as fotos lindas que tirei e fiquei tão feliz em como ela saíram.
A Lisa é uma personagem que eu gosto tanto! É incrível a forma como eu amo essa menina tarada XD
Acho que me apaixonei por ela desde a primeira vez que a ví. Eu faço muito isso com personagens que faço cosplay.
É muito esquisito como eu escolho as personagens. Eu apenas olho e me apaixono, aí penso "meu deus, eu quero fazer esse cosplay S2".
A Lisa sempre me surpreendeu em todas as aparições e acho que isso influenciou no meu amor por ela.


Eu simplesmente amo a relação dela com o Capitão Shunsui. Ele é um dos meus capitães preferidos e o desenvolvimento dele na série me agradou muito.
Ele é muito tranquilo e especialmente pervertido XD
Eu me senti bastante deprimida quando o arco do passado foi feito, e a história da Lisa foi contada.
Eles combinavam tanto! E o destino trágico da Lisa simplesmente os separou.
A Nanao é muito fofa, mas a Lisa era simplesmente magnífica. Os dois tinham uma química maravilhosa. Sou muito fangirl dos dois juntos.


Um dos pontos mais interessantes da Lisa é o quão forte ela é.
Ela era tenente do terceiro capitão mais forte da Gotei 13, e em alguns momentos ela foi considerada mais forte do que capitães.
Em um momento ela é enviada como a única que poderia substituir o capitão e o tenente da divisão de Kido. Precisavam de um capitão para substituir, mas a tenente do Shunsui era forte o suficiente para substituir dois membros de elite.
Eu me lembro de assistir esse episódio e pensar "meu deus, essa menina é um monstro ahsuahsuhauh". Eu tinha razão.


Acho que um dos momentos que mais amo da Lisa é quando ela reencontra o Sunshui anos depois na Batalha de Karakura e eles tem um momento fofo.
De todos os Vaizard, ela foi a única que precisou ir embora sem o capitão a acompanhar.
É fofo ver como ela sentia falta dele e foi revê-lo nesse momento de expectativa da série.
A Lisa é absolutamente fanática por sexo,assim como o capitão à quem ela mais respeitava, e eu tenho inconscientemente feito muito personagens com essa característica agora que parei pra pensar.
As vezes eu penso que ela usa um uniforme escolar por puro fetiche.
Eu posso entender isso, quero dizer, é uma roupa fofa, eu também ia querer usar sempre ahsuahsuh
Acho que o Shunsui gosta muito da roupa nova dela. XD


Enfim, foi divertido fazer a Lisa, gostei de fazer essa roupinha, e ter feito outro uniforme escolar.
Pretendo fazer outro ensaio com ela em breve, para fotografar as revistinhas que ela costuma ler.
Vou dar uma reformadinha, trocar os óculos, ajustar a meia e a peruca um pouco.
Ela ficou bem legal,  mas acho que ainda posso melhorar algumas coisas nela.
Eu acho que cosplay é sempre isso, né? A gente ficar reformando até ficar perfeito como a gente esperava.
Lisa foi uma personagem amor que talvez guarde essa roupa comigo.
Eu costumo vender os cosplays antigos, mas estou pensando em manter alguns.
Só preciso de espaço e uma forma de guardá-los em segurança aqui na casa de minha mãe.
Vou pensar sobre isso e ver se consigo realizar.


Enfim, o que queria mostrar do ensaio era isso. Logo logo vai ter o álbum completo no Facebook.
Espero que todos tenham uma boa semana e caso queiram ver como fiz esse cosplay é só clicar aqui para ver o processo de criação, ou aqui para ver os bastidores desse ensaio fotográfico.
Beijos pra todos!

27 agosto 2014

Ensaio Fotográfico na Riah e Novos Óculos

Oi, gente!
Como passaram a semana?
Eu estou completamente surtada com todas as minhas provas.
O post dessa semana está muito atrasado e peço desculpas.
Eu vou programar os das próximas semanas para que saiam nos dias certos porque a tendencia é que eu fique mais ocupada ainda.

Esse final de semana voltei pra casa e tive o ensaio com a Lisa finalmente.
Eu achei as fotos lindas, foram tiradas pelo Julio do Projeto Cosplay.
É sempre um prazer fazer fotos com ele, porque ele é um amor total S2
Ele marcou um ensaio com os cosplayers de São Carlos na  Riah Comic Shop e foi muito legal.
Eu cheguei super atrasada mas consegui conversar com quem estava lá ainda.
O pessoal mais novo aqui da cidade que começou há pouco no cosplay é muito amor e são muito talentosos.
Estávamos todos muito cosplayísticos!


 Foi uma oportunidade muito legal de conhecer pessoas que ainda não havia tido o prazer, ou conversar com algumas que não tinha conversado realmente.
Também reencontrei amigos lá.
Trocamos experiências e falamos sobre mil coisas.
Eu ainda tirei uma foto com o Gabriel, que estava devendo desde o Anime Sanca Fest desse ano, quando a nossa foto falhou.
Eu devo dizer que ele é um Takashi muito fofo e ele é bem mais alto do que me lembrava.
Mas todo mundo é mais alto do que realmente me lembro. Talvez isso tenha a ver com o fato de ser uma pessoa de estatura um pouco abaixo da média nacional das mulheres.
Mas olhando na foto de cima eu até pareço uma pessoa não nanica, né?
Enfim, você perceba como o brilho da minha câmera me deixou branca fantasmagórica na foto de baixo. Problemas de gente pálida.


Eu fiquei muito feliz de ter finalmente feito a Lisa.
A minha máscara miou e eu estou meio desanimada com ela no momento, talvez no futuro eu resolva fazer a Lisa Vaizard com máscara e lança para um novo ensaio, mas no momento estou bem.
Minha peruca para o Jundiaí Anime Fest ainda não chegou e estou começando a me preocupar.
Fazia tanto tempo que não tinha preocupações do tipo: minha peruca para um evento ainda não chegou.
Me dá uma nostalgia esquisita. É até divertido ter esse tipo de preocupação novamente.
Em último caso obscuro eu sempre posso comprar uma peruca loira aqui na cidade, nas lojas que vendem perucas boas e pintar, mas vou deixar isso para o dia anterior ao evento, porque eu já vivi experiências de estar saindo para pegar a carava, e o carteiro chegar com a peruca.
NUNCA DESISTA DA SUA ENCOMENDA!
Eu amo muito a Lisa e queria fazer a maquiagem perfeita para o ensaio porque eu detesto sair com a cara zoada porque a maquiagem está mal feita.
Eu demorei algo em torno de 45 minutos pra fazer! Quase morri.
Veja o nível da bagunça que deixei minha mesinha de estudos, que agora é da minha irmã mais nova.


Eu precisei pegar um copo de água para poder fazer, porque estava ficando com sede de tanto usar pó ahsuhaushaushau
Eu tentei corrigir falhas de maquiagens antigas dessa vez.
Me lembrei de dar uma maquiada no pescoço para não ficar com a cara estranha.
E precisei passar meu delineador duas vezes, porque precisei deixar meus cílios postiços em casa.
Eles não cabiam por trás dos óculos, porque gosto de cílios bem chegueis e quando os tirei, eles levaram meu delineado com eles.
Eu realmente preciso de outro delineador porque o meu é muito ruim.
Fora que as vezes eu tenho tantos pincéis que demoro para decidir qual deles vai funcionar melhor.
Eu estreei um duo fiber para a base e gostei de como ficou. Demorei um pouco para entender como funcionava, porque tentei usar como um pincel de base normal, mas depois que entendi como fazer foi muito bonito o resultado.
A única parte triste é ter que lavar os pincéis e deixar secando, eu tento cuidar bem deles, porque não quero ter que substituí-los tão cedo.


Falando em substituir coisas, eu esqueci de me contar que mudei de óculos!
Óculos são parte crucial de minha vida.
Eu usava o meu há muito tempo e minha armação estava realmente acabado.
Não sei se sabem mas eu tenho uma visão muito ruim.
Minha miopia subiu um grau e vinte cinco nos dois olhos, e isso é realmente muita coisa.
Estou usando quase 3 graus em cada olho!
Vou ter que trocar todas as minhas lentes agora, era uma gasto que eu não queria ter, mas eu enxergo mal a ponto de não conseguir andar nas convenções sem grau corretivo.
Essa foi a última foto que tirei com meu óculos antigo e minhas lentes que logo logo não vão mais me servir.


Comprar óculos novos é sempre uma coisa estranha porque abandonar a armação antiga é uma coisa estranha de se fazer.
Eu optei por não comprar Transitions dessa vez, porque meus olhos estavam ficando mal acostumados com elas.
Eu usei lentes de transição, que escurecem com o sol, por tanto tempo, que minha pupila acabou ficando meio preguiçosa.
Eu saia no sol e simplesmente não conseguia enxergar sem eles, porque meus olhos não se acomodavam.
Comprei uns óculos maiores para melhorar meu campo de visão, já que achava o antigo muito limitado, e estou realmente feliz com os óculos novos.
Eu enxergo tudo novamente, até aquilo que está bem bem longe, e os óculos são fofinhos.
Estranhei muito quando comprei pelo formato e pelo grau forte, mas agora duas semanas depois, já estou bem confortável com eles.
Achei bem fofo e fiquei feliz por ter escolhido eles.
Espero que durem bastante, porque eu costumo estragar muito as armações sem querer XD
Fazia muito tempo que não postava uma foto minha sem cosplay por aqui.


Ainda não peguei todas as fotos com o Julio, mas acho que na semana que vem já vou estar com todas em um tamanho bom para postar aqui :3
Espero que tenham uma boa semana e não um final de semestre insano como o meu.
Beijos!

19 agosto 2014

Maquiagem cosplay - Pele Morena e Negra

Oi, gente!
Como passaram a semana?
Eu estou estudando porque minhas aulas finalmente vão recomeçar.
Estarei de volta na rotina louca novamente.

Hoje eu resolvi fazer um post, atrasado eu sei, sobre maquiagem.
Eu tenho essa pele branquela, mas sei que a maioria das pessoas nesse país maravilindo não tem.
Tenho amigas que reclamam sobre terem a pele negra e terem falta de ideias para maquiagens porque as revistas são focadas na pele branca.
Elas também reclamam por não conseguirem encontrar maquiagens do tom certo para as suas lindas peles.
Realmente, por algum motivo totalmente imbecil, é mais difícil encontrar tons mais escuros em lojas menores de maquiagem.
Se você está tendo problemas em encontrar nas lojas perto da sua casa a dica que eu te dou é: vá a maior loja de cosméticos que você conhece.
Na minha cidade, é no calçadão da cidade que você encontra os tons bonitos para a pele negra ou morena.
Eu tenho o problema inverso de encontrar maquiagens, já que tenho a pele muito clara e é só nessas lojas grandas que encontro o tom claro o suficiente, porque elas trabalham com uma grande variedade de cores.
A Vult e a Dailus são marcas com preços bem acessível que tem feito tons bem bonitos de maquiagem cremosa e em pó para pele negra aqui no Brasil.
Existem outras mais caras por ai, como as da MAC também, mas se você estiver começando ou experimentando na maquiagem, eu não aconselho a comprar produtos tão caros logo de início, porque você vai desperdiçar bastante.
Se estiver tendo problemas em quais produtos usar eu fiz um post sobre a função de alguns produtos e como usá-los aqui.
Mas se não estiver conseguindo escolher o tom correto, peça ajuda às vendedoras. Elas estão lá pra isso, né?


Eu sigo muitos canais de maquiagem no Youtube pra pegar essas dicas daora, ou só pra ver as maquiagens bonitas mesmo, e sigo muitos maquiadores de pele bem diferente da minha porque as maquiagens são lindas.
Eu gosto de ver esses tutoriais quando estou costurando então resolvi fazer um post com os vídeos que considero mais instrutivos para a pele morena e negra, só pra dar uma ideia mesmo, caso você esteja perdida (o) nessa vida das maquiagens.
É claro que a grande maioria das dicas que são dadas para pele clara funcionam na pele escura também, mas é sempre legal ver a pele no tom próximo da nossa, né?
Eu separei 4 vídeos para dar algumas ideias de maquiagem para personagens femininos e masculinos.

O vídeo da Camila Nunes, em que ela ensina como deixar a pele bem bacana, usando base e corretivo. É incrível como fica bem bonito usando poucos produtos. É bem legal pra quem não tem muita prática ainda com quilos de maquiagem, ou não tem muita paciência para toda aquele ritual maligno de montar a sua cara usando 73293339 produtos diferentes.
No canal dela você encontra maquiagens passo a passo bem legais, mais pesadinhas para usar naqueles personagens lindões.



O vídeo da Makeupd0ll, que mesmo sendo em inglês, ajuda bastante só de ver como ela faz.
É mais trabalhadinho do que o da Camila e é legal pra quando você já estiver manjando das maquiagem, ou pra quando quiser entrar nesse mundo maligno de cabeça.
É muito interessante ver os vídeos dela, porque ela tem uma pele não tão uniforme, e várias imperfeições. É bem diferente da maioria das "gurus de  maquiagem" que costumam ter a pele já bem bacana.
Acho muito instrutivo o canal dela porque a pele dela é bem mais "normalzona" e é mais provável que a sua pele seja parecida com a dela do que com a pela já bem linda da Camila, né?
Eu tenho uma pele bem manchada por causa do sol, e sou cheia de pintinhas por ser muito clara, então aprendi a sempre procurar vídeos de pessoas com pele mais próximas à minha, porque as dicas funcionam mais.
O canal dela é cheio de maquiagem porretas, que vão te deixar com aquele carão de modelo de revista sem precisar de todo o photoshop.
Vale a pena seguir.




O vídeo da Netta para homens!
É um vídeo que gosto bastante porque é rapidinho, sem frescura e fica bem legal.
É simplão, corretivo, base, pó, lápis pra sobrancelha e tá lindo!
Uma maquiagem bem bacana pra melhorar suas fotinhos, pra quando você não tem muita prática na maquiagem ou não tem muita paciência pra ficar borrocando seu rosto S2
O canal da Netta tem vários tutoriais legais de maquiagem também.



O vídeo do EnKore  de maquiagem para adolescentes.
É um vídeo que considero bem legal porque é feito por um homem, então acho que passa mais segurança, sei lá XD
É uma maquiagem um pouco mais elaborada do que a da Netta, e você percebe que a pele do garoto que é maquiado é bem tipico de adolescentes mesmo, então tem manchas, e espinhas  e tudo isso some no final com a maquiagem!
Daora pra você fazer quando estiver com tempo e vontade de se pintar todo.



Enfim, foi isso.
A dica dessa vez foi essa.
Vou começar a fazer dicas em vídeos no meu canal também logo logo.
Espero que tenha ajudado :3
Um beijo para todos e todas S2

12 agosto 2014

Construindo um cosplay - Reira Serizawa

Oi, gente!
Como passaram a semana?
Eu passei bem. Passei costurando muito e fui ao oftalmologista. Meu grau mudou e agora vou ter que comprar lentes novas. =/

Bem, eu disse uns posts atrás que iria fazer alguns personagens com os tecidos extras que tinha aqui, para vender, mas no fim estou usando para fazer uns cosplays para mim mesma.
Estou fazendo personagens que sempre quis fazer mas nunca fiz porque não tinha tempo ou não tinha dinheiro, coisas assim.
Não estou usando os tecidos que queria em alguns deles, mas mesmo assim estou conseguindo fazer um trabalho bom.
Fiquei impressionada comigo mesma.
Estou usando uns retalhos que já tinha, que comprei nos últimos meses e coisas assim.
Estou com uma listinha de cosplays para fazer até o final do ano, mas não vou ficar falando muito, porque eu falo sobre eles, acabo mudando a ordem ou desistindo deles, e ai todo mundo meio que fica chateado.
Reparei nisso com a Shanoa e meu cosplay de Skyrim que que estou já mais de um ano fazendo, e todo mundo fica na expectativa.
Isso coloca uma pressão extra sobre eles que eu realmente não consigo lidar muito bem.
A partir de hoje só vou mostrar projetos quando já estiverem quase prontos.
Essa semana adicionei uns personagens  de League of Legendsna minha lista, mas vou mostrando quando estiverem ficando prontos, por esses motivos que citei.
 Bem, essa semana comecei e terminei a lynda da Reira.
Decidi fazer esse vestido branco do mangá.

 

Reira é um daqueles cosplay que me apaixonei desde que vi pela primeira vez.
Nana foi um dos primeiros mangás maduros que li, e a Reira sempre me hipnotizou.
Ela é tão linda, meiga, ryca e talentosa, e ao mesmo tempo é tão triste e solitária.
É uma daquelas personagens que dá vontade de abraçar.
Eu comecei cortando os tecidinho.
Eu precisava de um tecido gigante porque vestidos longos precisam de um tecido velhaco.
O maior que eu tinha era um pedação monstro do oxford que usava de tapete nos meus ensaios fotográficos huahsuahsuahs
Ele estava meio manchado e precisei escolher bem onde cortar para não pegar as manchas.
Foi minha primeira vez fazendo uma roupa com tantas peças assim, mas não consegui ver outra forma de fazer, já que queria um desenho bonito na parte próxima ao chão.


Costurei as peças juntas e coloquei no manequim para ver onde precisaria apertar pra ficar beleza.
O caimento ficou bem esquisito com as primeiras apertadas que dei, então fui arrumando aos poucos.



Coloquei um zíper e dei mais uma apertadinha nos ladinhos pra arrumar a cintura.
Percebi que os ombros estavam desiguais e arrumei.
Precisei costurar a mão as alças porque eram muito finas e a costura da máquina dava uma bugada.
Testei o caimento com o cintinho, pra ver como ficava.


Gostei de como ficou e testei com um marabu pra ver como ficava.
Também vesti umas luvas da minha coleção para ver como tudo combinava.
É curioso porque comprei esse marabu há uns cinco anos  e nunca usei, mas também nunca joguei fora porque tinha na minha cabeça: "um dia eu vou usar em algum cosplay".
Eu realmente acerto quando faço isso de guardar para um cosplay futuro, porque tudo o que jogo fora eu eventualmente sinto falta.
Ser um guarda tralhas é algo muito bom no cosplay, foi o que aprendi.
Depois de testar, achei tudo lindo e fui finalizar.


Fiz as luvas corretas, usando as minhas luvas antigas da Miss Marvel que já não me serviam mais, pois pretendo comprar outras melhores no futuro.
Elas eram bem grandes então cortei e prendi o marabu nelas com costura à mão.

 


Eu acabei dando fim na minha peruca rosa, então comprei outra igual que ainda não chegou.
Estou esperando que o correio entregue ainda esse mês para poder estilizar.
Assim que ela for entregue eu edito esse post com a peruca lynda :3
Cosplayers da Reira tem a opção de fazer ela com o cabelo castanho, porque no Live Action de Nana ela tem essa cor de cabelo, mas eu gostaria de ser fiel ao mangá, e fazer com o cabelo rosinha.
Eu inclusive gostaria de fazer com um tom bem rosa claro e brilhante para ela, vamos ver qual é a cor da peruca que recebo pelo correio.
Nunca se sabe o que os chineses enviam pra você.
Eu nunca recebi cores muito discrepantes das anunciadas, mas vai que dessa vez eu recebo uma cor nada a ver, né?
Vou esperar para ver.
EDIT DO FUTURO: Peruca chegou legal em uma cor feliz.
Deixei ela trançada por várias semanas e quando soltei ela ficou bem daora.



Deixei ela trançada até o momento de fotografar.
O resultado ficou bem louco e dá pra ver aqui no meu post sobre o ensaio da Reira - FIM DO EDIT DO FUTURO

                                             

Espero conseguir terminar esse cosplay até o dia 23 para poder fotografá-lo no ensaio que vai rolar com o Julio do Projeto Cosplay.
Tomara que os correios colaborem porque daí terei mais fotos para postar S2
Tenho muitas coisas pra atualizar no próximo post.
Vou começar a programar os posts agora que minhas aulas vão voltar, para garantir que poste nos dias corretos.
Uma boa semana pra todo mundo!

04 agosto 2014

Cultura de Estupro no Cosplay - Os Assédios em eventos

Oi, gente!
Como passaram a semana?
Eu tinha tanta coisa pra postar essa semana que foi meio difícil de escolher o que escrever.
Decidi postar esse assunto porque faz um link com a San Diego Comic Con e deixar para depois perderia um pouco do sentido.
Hoje eu venho para falar de assédio. Vou falar de assédio de novo.

Há tempos eu venho falando sobre assédio e machismo no cosplay, e cheguei a ser atacada em mensagens privadas por homens que defendiam assédio à cosplayers em eventos, justamente porque tenho o costume de dizer que isso é errado, que faz parte de uma cultura machista que absolve homens que assediam mulheres, fingindo que as ofensas são elogios, simplesmente porque dizem que as roupas curtas que as cosplayers usam nos eventos é justificativa para serem ofendidas.
Beijar uma mulher a força, passar a mão nela ou tocá-la de qualquer forma inapropriada sem consentimento da mulher, tocá-la de qualquer forma quando ela estiver desacordada ou embriagada a ponto de não ter consciência de seus atos: tudo isso é estupro de acordo com a lei.
O problema que muita gente não acha que isso é estupro. E esse "não achar que um estupro é estupro", assim com os comentários de 'ah, mas ela estava de roupa curta' ou "saiu com essa roupa na rua e não quer ser abusada?" que justificam e absolvem abusadores é o que nós chamamos de CULTURA DE ESTUPRO


Quando você está sendo entrevistada em um evento e te fazem uma pergunta sobre seus peitos, sobre sua bunda, sobre sua vida sexual,perguntam se você é mulher de verdade ou se é "uma shemale" isso tudo é cultura de estupro.
É uma pessoa que acha que tem direito de perguntar sobre suas genitálias, sobre seus peitos. É uma pessoa que nunca te viu, que você não deu nenhuma liberdade mas ela te faz perguntas constrangedoras, não porque ela quer saber isso, mas porque ela tem um prazer em te ver constrangida.
Isso é a cultura do estupro presente também no cosplay.

Os Estados Unidos tem tido muitos problemas com isso nos últimos anos.
Não é difícil você ver vídeos de entrevistas com cosplayers famosas em que elas são perguntadas sobre sua vida sexual, ou sobre seus peitos.
Comentários como "Ah, não ligo pro seu cosplay não, só vim aqui pra poder filmar seus peitos" ou "ah, você é muito chata, vou procurar alguém com peitos maiores pra entrevistar" são coisas comuns de se ouvir por lá.
Existem cosplayers que não tem problema com isso, que deixam seus peitos serem fotografados e coisas assim porque realmente não ligam, elas PERMITEM isso.
Mas o que tem acontecido muito nos últimos anos é que muitas pessoas se sentem no direito de te fotografar sem a sua permissão.




Eu sou cosplayer há 6 anos, já fui em muitos eventos e as pessoas sempre me PEDEM para tirar foto.
As únicas vezes em que não sou perguntada é quando já estou rodeada de pessoas me fotografando, porque fica implícito que estou permitindo fotos.
Mas eu perdi a conta de quantas vezes vi pessoas fotografando por baixo das saias das cosplayers, ou fotografando seus bumbuns quando elas estavam de costas.
Não é porque elas estão em uma convenção que isso te dá o direito de fotografá-las sem autorização.
Uma coisa é uma pessoa que sobe no palco para ser fotografada, ou está parada em uma pose para receber os flashs. Outra totalmente diferente é fotografar uma pessoa sentada enquanto come, filmar por baixo da roupa de uma cosplayer subindo as escadas.
Fazer isso é cometer abuso, sem achar que está cometendo. Fazer isso é estar contribuindo com a Cultura do Estupro nos eventos.



Na última semana de Julho rolou a San Diego Comic Con nos Estados Unidos, a mais famosa feira de cultura nerd do mundo, que inclusive inspirou a criação da Brasil Comic Con e a Comic Con Experience aqui no Brasil.
A Comic Con tem sido alvo de críticas por não fazer nada sobre casos de abuso dentro do eventos.
Cosplayers tem sido assediadas verbalmente e até abusadas fisicamente, levando "passadas de mão" durante a convenção, e os organizadores do Evento não fazem absolutamente nada, nenhum aviso.
O Anime Boston por outro lado foi muito elogiado por sua política anti abuso, com placas e avisos sobre como é terminantemente proibido ofender cosplayers no evento, e que os cosplayers que sentiram ofendidos deveriam procurar um staff para que ele tome as medidas necessárias para expulsão de pessoas que cometem algum tipo de abuso nos eventos.
O Anime Boston não é um evento grande como a Comic Con e tem essa preocupação com a segurança dos cosplayer, assim como muitos outros eventos menores também tem ligado muito para os assédios à cosplayers, mas a Comic Con, que é o maior "evento de cosplay" dos Estados Unidos não tem essa preocupação.
E a comunidade cosplayer tem se incomodado muito com isso.


No começo do ano eu compartilhei na minha página, um evento norte americano que foi boicotado pelos cosplayers do estado, porque tratou de forma machista uma cosplayer durante a divulgação da convenção.
Os organizadores postaram vários cosplayers na página do evento, e fizeram alguns comentários não muito educados sobre o corpo das cosplayers nas fotos.
Quando uma cosplayer se sentiu ofendida pelos posts e pediu o dinheiro do ingresso de volta, porque se recusava a ir a um evento onde os organizadores fossem tão desrespeitosos, um dos organizadores a ridicularizou e a ofendeu publicamente.
Ela compartilhou a história no facebook pessoal, viralizou e os cosplayers da região boicotaram o evento sem dó.
Você pode imaginar o que falaram de um evento sem cosplayers, né?
Não sei exatamente qual foi o prejuízo que o evento teve, mas até agora não vi divulgação de uma nova edição dele.
E isso definitivamente não é um bom sinal, né?


Na Comic Con desse ano, que não tem política anti assédio, rolou dois fatos que fizeram com que a comunidade cosplayer de lá ficassem em alvoroço.
A modelo Adrianne Curry, que é um amorzinho e está sempre em convenções de quadrinhos foi vista descendo porrada em um cara da convenção, depois que ele passou a mão no bumbum de uma amiga dela que estava de cosplay.
A cena que quem estava na convenção viu, foi a Adrianne, que estava fazendo cosplay da Mulher Gato, correndo de salto alto atrás de um cara metendo o chicote na bunda dele até que ele correu mais do que ela. Ela chegou a acertar o nariz dele com a base do chicote quando ele estava mais perto.
O que mais impressionou nessa história toda, foi que só a Adrianne fez alguma coisa.
A amiga dela foi assediada, ela gritou e denunciou em voz alta o cara, e NINGUÉM que estava ali em volta fez alguma coisa.
Ninguém segurou o cara, ninguém chamou a segurança ou os staffs do evento.  Só a Adrianne é que ficou puta e resolveu descer a mão no cretino.
Se ela não tivesse feito nada, ele teria abusado da cosplayer e sairia ileso, sem nem um tipo de represália.
Por ser modelo e estar sempre na TV a história espalhou rápido e pegou super mal para a Comic Con.
As cosplayers mulheres dos EUA também ficaram muito em choque com isso, e estão criando o hábito de fazerem cosplays em grupo, ou irem acompanhada aos eventos para não terem esse tipo de problema.
Então veja, a Comic Con foi tão inerte sobre isso durante anos, que agora as cosplayers não se sentem mais seguras para irem sozinhas a convenção.
Que maravilha!



Ai pra melhorar ainda mais a imagem da San Diego Comic Con, uma cosplayer foi encontrada inconsciente, sangrando e com indícios de abuso sexual na área da piscina do evento. Ninguém viu como aconteceu nem quando aconteceu.
Não precisa nem dizer como a comunidade reagiu à isso né?
Imagina se encontrassem uma cosplayer estuprada e desacordada em um cantinho do Anime Friends, sei lá?
A garota foi levada em uma ambulância pra fora do evento com traumatismo craniano.
Dois dias depois prenderam um fotógrafo que teve relações sexuais com garota, já que ela é menor de idade e isso é crime na Califórnia.
A polícia concluiu o inquérito dizendo que a garota caiu de uma altura aproximada de 2 metros e só.
Se foi empurrada, se ela se jogou, se ela tropeçou e caiu, ninguém sabe.
Mas o que ninguém sabe mesmo é quanto tempo ela ficou lá, caída, sangrando até que uma pessoa do evento a encontrasse.
Quero dizer, se antes a SDCC não era segura por conta dos assédios, agora você pode ser estuprado, roubado ou assassinado lá e ninguém vai ver nada, e piriga de ninguém te encontrar caído pelo evento.
Quem vai querer usar cosplay bonito e ser um alvo fácil?
Está rolando um abaixo assinado para melhorar as políticas da Comic Con e muita gente já declarou que não volta, se algo não for feito sobre isso.
O problema é que a Comic Con não quer criar uma política anti assédio, porque os organizadores não querem que as pessoas pensem que tem assédio na Comic Con.(?!)
Será que ninguém avisou pra eles que rola assédio na Comic Con há anos?
Tem um grupo de orangotangos dirigindo a sessão de relações públicas da SDCC, só isso explicaria esse nível de palhaçada, na boa.



Eu sigo muitas cosplayers que frequentaram a SDCC e o que eu vi essa semana foi um terror, era foto feliz, reclamação, gente xingando, gente agradecendo, foi meio louco.
A questão é que esses fatos fizeram o alerta dos Assédios em eventos tocar mais uma vez.
Eu encontrei esse post do Golden Lasso, em que a Kimi listou atitudes que nós podemos tomar para tentar minimizar assédios nos eventos.
É claro que muito só pode ser feito pelos próprios organizadores, mas a Kimi colocou pontos interessantes sobre como podemos não compactuar com a cultura de estupro nas convenções.
Eu recebi autorização dela para traduzir o post e ficaria feliz que vocês descem uma olhadinha, porque achei muito válido o que ela propõe.

"Infelizmente, muitos cosplayers inconscientemente contribuem para essa cultura que torna os eventos perigosos. Contribuem não pelas roupas que vestem, mas por tentarem ser educados ou por não saber o que fazer quando incidentes acontecem. Pode ser muito doloroso e vergonhoso ser objetificada ou assediada em um evento, e saber o que fazer nessa hora pode ser difícil.
Então aqui estão quatro regras básicas de como reagir nessas situações horríveis:

1- Não Seja Educado

Toda convenção tem um enorme número de blogueiros, vlogueiros, repórteres, personalidades da internet e pessoas comuns que estão procurando cosplayers para entrevistar. Muitos desses idiotas fazem perguntas sexuais inapropriadas ou tentam tocar em você de formas que te constrangem (abraços, olhares fixos em partes específicas do seu corpo, filmes ou fotos de partes específicas do seu corpo, etc.). Se você não se sente confortável NÃO SE SINTA NA OBRIGAÇÃO DE PARTICIPAR! Independentemente de quão brilhante seja a sua resposta, perguntas e comportamentos dessa natureza são desrespeitosas com você e contribuem para a cultura que coloca cosplayers como objetos. Diga a eles que estão sendo impróprios e encerre a entrevista. Diga que não se sente confortável com aquela mão boba na cintura e se afaste. Diga que "meu rosto fica aqui em cima" e vá embora. Nenhuma quantidade de likes no Facebook ou no Twitter valem a pena para encorajar esse tipo de parasita nojento.


2 - Seja Barulhento

Se algo inapropriado acontecer, FAÇA BARULHO! Eu sei que isso pode ser difícil porque é uma situação embaraçosa, mas agir rápido e fazer com que as pessoas percebam o que aconteceu é a melhor forma de garantir que abusadores sejam pegos. Grite para a pessoa PARAR e diga o que ele está fazendo. Por exemplo, "TIRE AS MÃOS DOS MEUS PEITOS! . ESSE CARA ESTÁ PASSANDO A MÃO EM MIM" e APONTE PARA A PESSOA! Quanto mais gente puder ver, mais chances existem de que a pessoa seja responsabilizada pelo que fez. No mínimo alguém vai fotografar a cara do cretino. (Aqui posso dizer que já vi isso acontecer, e que já encontraram o Facebook um cara que passou a mão em uma cosplayer só com uma foto borrada e que ele foi tão esquartejado virtualmente depois de ser denunciado que até excluiu o Facebook pra sumir. Esse cara deve ter medo de ir a um evento até hoje. Não duvidem do poder de uma foto!)

3- Denuncie

Não finja que nada aconteceu depois do ocorrido. Denuncie aos staffs do evento (e se certifique que eles anotaram isso) ou denuncie a polícia se o caso for sério o suficiente. Nós queremos assediadores fora dos eventos, então precisamos que as autoridades saibam disso. Diga a eles tudo o que você se lembra, porque geralmente esse tipo de cretino faz essas coisas com várias pessoas no mesmo dia. NÃO AJUDE ELES A SE SAFAREM. Nós não temos muitos dados sobre assédios em eventos, porque as vítimas não denunciam. Precisamos fazer com que autoridades e organizadores saibam que o problema existe, e a única forma de fazer isso é avisando TODA vez que acontecer.


4 - Seja uma Testemunha

Ajude a si e a outros cosplayers prestando atenção no que acontece ao seu redor, tentando identificar problemas. Eu sei que nós não deveríamos TER que fazer isso, mas infelizmente é necessário para nos protegermos. Se você vir alguma coisa, FAÇA BARULHO E DENUNCIE! Diga aos organizadores o que aconteceu ou procure a polícia caso ninguém tenha coragem de fazer alguma coisa.
Não podemos esperar pelo príncipe encantado vir nos salvar. Cosplayers tem que  defender uns aos outros.


Tem gente cretina nos eventos, como tem em qualquer lugar. Não é sua culpa se alguém te ofende ou te assedia. Não interessa o que você está vestindo no evento. TODOS merecem respeito. Se quisermos mudar essa situação, nós temos que nos unir e mandar uma mensagem alta e clara que diga que NÃO vamos aceitar essa situação. Não podemos esperar que alguém apareça pra nos salvar, temos que nos impor por nós mesmos!"




Você pode ver o texto original no Golden Lasso.net clicando neste link