03 agosto 2013

Saya Kisaragi Photoshoot II e minha eu universitária

Oi, gente!
Como passaram a semana?
Eu passei meio triste, porque essa foi a minha última semana de férias.
Agora vou direto até janeiro, porque meu segundo semestre emendou com o terceiro só vou ter férias em fevereiro.


Faz um tempinho que tive o novo ensaio da Saya, mas escrevi tantos posts juntos que acabei me esquecendo de postar essas fotos =O


Ensaio Fotográfico -  Saya Kisaragi de Blood C
Fotógrafas: Mih-Chan e Pet 02


Esse ensaio deu muito mais certo do que o outro ensaio dela que tive.
Eu me policiei para deixar as chuquinhas da peruca para trás, ao contrário da outra vez que esqueci de fazer isso e todas as fotos ficaram miadas.
A Mih me ajudou também pra não esquecer desse detalhe, e ela conseguiu fotos de rostos lindas.
Eu agradeço à Pet linda magnífica que me emprestou a corrente dela porque eu simplesmente sumi com a minha, na hora de fotografar.
Eu me lembro de tê-la separado um dia antes como faço antes dos ensaios, mas na hora ela desapareceu.
Encontrei ela dentro de uma caixa no quartinhos de ferramenta da minha casa. Ainda não tenho uma explicação lógica de como ela foi parar lá, então assumi que foi bruxaria ou Odin me pregando uma peça.


Semana que vem minhas aulas recomeçam.
Vou finalmente terminar o meu primeiro semestre na faculdade,que foi interrompido porque nós alunos, deliberamos greve e interrompemos as atividades didáticas do campus durante dois meses.
Nós entramos em greve na universidade 15 dias antes das manifestações no Brasil explodirem.
Começamos nossa greve sem apoio nenhum, depois de dois meses nossos professores e os funcionários estavam em greve conosco.
Lutamos por um restaurante universitário, já que nossa faculdade é maior da cidade, tem 35 anos de tradição e não tínhamos onde comer.
Lutamos por um transporte público que nos levasse até o campus, porque Botucatu deve ser a única cidade do planeta em que os ônibus simplesmente param de passar depois da 18:00h.
Os alunos do período da noite, cujas aulas começam às 19:00h simplesmente não tinham como ir para faculdade, muito menos voltar delas às 23:00h quando as aulas terminavam.
O único ônibus que passava no campus nesse horário era a linha que termina no centro,então se você quisesse voltar pra casa a noite, precisava descer no centro e caminhar cerca de 40~60 minutos até  sua casa, isso às 11 da noite, sozinho.
Imagine essa situação.


No ano passado eu passei por algumas questões internas bastante conflitantes, decidi que não faria de 2012 um ano perdido e comecei um período longo e muito profundo de construção de mim mesma.
Eu estudei mais filosofia e sociologia do que algum dia na minha vida eu pensei que estudaria.
Aprofundei muito o meu interesse por política e me dediquei a perceber como o mundo funcionava, especialmente como o país que eu morava funcionava.
Eu conheci a direita, entendi a esquerda. Estudei todas a teorias de funcionamento de Estado que consegui encontrar, e vi como a democracia que vivemos não parece em nada com a idealizada.
Eu passei a ver a sociedade com outros olhos.
Eu via a polícia com outros olhos, vias os políticos com outros olhos. Quando eu andava na rua eu via os homens e mulheres com outros olhos.
Eu conheci verdadeiramente o feminismo e os movimentos sociais que tive contato.


Quando eu entrei nessa faculdade,eu entrei com uma cabeça totalmente diferente de quando entrei da outra vez.
Eu queria tanto ajudar as pessoas e mudar tudo o que eu via de errado.
Eu acho que se a Karime estivesse aqui comigo ela diria certamente algo como "Bixete sempre pensa que pode mudar o mundo".
Acho que ela tem razão. Ela é muito sábia na verdade. haushaushau XD
Mas foi exatamente assim que entrei.
Eu entrei para o Centro Acadêmico para  defender os interesses dos alunos da universidade, eu entrei em vários projetos de extensão para ajudar, de alguma forma, as pessoas que tinha contato naquela cidade.
Eu sinto que mudei tanto nesses últimos meses, sinto que cresci tanto como pessoa, de forma que se olhasse para meu eu de dois anos atrás eu não me reconheceria.


Esse ano eu participei da greve, estive lá gritando e caminhando com meus colegas de classe, exigindo melhorias na universidade.
Participei da marcha que pedia melhorias no transporte da cidade.
Caminhei e carreguei cartazes na marcha que exigia democracia na UNESP e pedia um sistema de cotas justo, para que os alunos de escola pública tenham condições de entrar em uma boa universidade, assim como os filhos da classe média tem.
Eu estive lá, ao lado dos funcionários da faculdade quando eles marcharam pedindo aumento e melhores condições de trabalho.
Minha eu de 2 anos atrás nem sequer sonharia com a pessoa que me tornei, mas sabe,tenho muito orgulho de quem sou hoje.


Acho que meu eu passado não imaginaria que sairia de casa e iria morar sozinha.
Que eu estaria espalhando aos quatro ventos o quanto nós mulheres devemos nos libertar das correntes invisíveis que nos deixamos prender.
Acho que ela não imaginaria que eu estaria de cara pintada na rua, pedindo bolsas para alunos que não tem condições de se manter na faculdade.
Pode parecer bobinho, mas eu realmente gostaria de viver em um mundo melhor.
Pelo menos estudar em uma universidade em que alunos pobres não precisem largar os estudos, simplesmente porque não conseguem pagar o próprio aluguel, ou porque não tem como pagar a própria comida todo mês.
Gostaria de estudar em uma universidade que não diz  que não tem dinheiro para mais bolsas,quando sabemos que cada instituto gasta 75 mil reais por mês só com jardinagem.
Então eu fiz o que achava certo: apoiei uma greve que só pararia quando nossas reivindicações fossem atendidas.


Essa semana nossa greve acabou. Depois de dois meses loucos e exaustivos.
Fazia mais de dez anos que nosso campus não entrava em greve, um dos maiores campus da UNESP e também um dos mais elitistas, cheio de filhos de médicos, fazendeiros bem sucedidos e engenheiros de carreira.
Nossa greve terminou mas eu me sinto feliz por isso.
Conseguimos mais bolsas para os alunos carentes, conseguimos nosso restaurante, e conseguimos ônibus para a faculdade em qualquer horário!
Volto pra Botucatu com uma sensação um pouco melhor, um pouco menos deprimida de ver tanta coisa errada no campus.
E quero mandar um recado bem dado pra todo mundo que acha que universitário fazendo greve é vagabundo: se amanhã seu filho entrar na faculdade e tiver onde morar, o que comer e como ir pra faculdade de ônibus, foram alunos em greve que conseguiram isso.
"Foram os vagabundos fazendo baderna e perdendo aula" que conseguiram isso. Um beijo flamejante pra você que disse isso algum dia da sua vida.



Eu não sou uma mulher de meio termos. 
Gosto de viver de uma forma bem extrema, e aprendi nos últimos meses que se você quer mudanças, meio termos não funcionam, principalmente em assuntos políticos.
As cartinhas e ligações que fizemos pedindo educadamente pra que nossa situação melhorasse não adiantaram em nada. Nós fizemos isso por 11 anos, e não adiantou.
Ai decidimos parar as aulas por 2 meses e arranjaram dinheiro pra tudo, arranjaram tempo e condições pra gente num passe de mágica.
Volto pra Botucatu vingada: vingada contra uma faculdade que gasta o meu dinheiro pra cuidar de grama enquanto alunos precisam de dinheiro pra comer. Vingada contra duas empresas de ônibus que cobram R$2,65 por um sistema de transporte nojento que não ajuda nada nem aos estudantes, muito menos as pessoas que tentam chegar ao hospital universitário de ônibus. Vingada contra uma reitoria que prefere reformar um prédio novo, ao invés de fornecer comida aos estudantes que não tem tempo, nem transporte para voltar para casa e almoçar, muito menos um lugar para esquentar comida dentro do campus.
Volto pra Botucatu com muitos planos, e volto com muita energia.
Tá certo que volto já tendo três provas na primeira semana, mas eu sou boa aluna. Eu aguento o tranco. XD


Eu digo que meu blog é meu diário de certa forma. E tudo o que acontece de importante na  minha vida vem pra cá.
 Não sei muito bem porque eu tenho tido vontade de contar todas essas coisas no blog ultimamente, mas acho que mudei tanto minha forma de pensar, que queria que todo mundo soubesse o que ando pensando.
Esses posts de ensaios sempre tem meus devaneios.  Gosto de deixar eles aqui e ler meses depois para ver como me sinto em relação à isso.
Então vou deixar esse post aqui, e guardar para a posteridade.
Afinal, por trás dos cosplayers sempre existe alguém de carne e osso, totalmente diferente das fotos.
Muitos de nós somos vazios, ocos e feios por dentro, mas as vezes temos algo bonito para mostrar.
Alguns de nós são pessoas realmente bonitas por dentro.
Eu não sei como eu sou, nem como as pessoas me vêem por dentro.
Eu sei como eu gostaria de ser: alguém que fez o melhor que podia com o tempo e a vontade que teve.
Posso não ter muito tempo livre, mas vontade eu tenho muita.


E é isso gente, esse foi meu post dessa semana, como fotos sangrentas.
E é sangue arterial porque é mais claro, sou aluna de biomedicina e manjo dos paranauê de sangue, confiem em mim.
haushaushuahsuashuah XD
Um beijo e boa semana pra todo mundo!

Lí:"Ecce Homo" 
de Firedrich Nietzsche

Joguei:"Castlevania: Order of Ecclesia"
"Legend of Zelda: Phantom Hourglass"

"Minha terra sombria, és sempre bela,
Inda pálida a vida
Como o sono inocente da donzela
No deserto dormida!"
"Na minha Terra - Canto III" de Álvares de Azevedo

8 comentários:

  1. Como geralmente tu escreve textos GIGANTES e eu e os textos GIGANTES somos inimigos declarados eu não consigo ler tudo, MAS hoje eu li todo o texto e vou responder a altura! pois bem vamos lá!

    Eu não sei se é só eu que consigo ver a expressão de satisfação nos personagens que tu vive/representa principalmente a foto que tu está de joelho com a espada ficou fodona a foto!!

    O que realmente importa nessa vida é por dentro sermos uma grande pessoa, alguém que luta por seus direitos em um mundão louco e individualista e nessa parte como tu mesma relatou tu teve um crescimento, fico feliz por ti JOVEM! hahaha

    e pra fechar acredito eu que esse mês farei meu primeiro cosplay \ o /
    estou dependendo apenas do correio agora pra "encerrar" essa saga épica do primeiro cosplay
    ai quando tudo der certo vou te dizer como foi e tal (até pq sou novato haha) e mostro fotos e também vou escrever algo agradecendo o teu apoio mesmo que tu não me conheça haha e ... FIM

    Fui continua quebrando tudo por aqui!
    e cuidado com as SINALEIRAS ai na tua cidade hahahaha bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que fofo, William <3
      haushuahsu Desculpe escrever tanto, eu geralmente escrevo menos, mas estou de férias aí tenho tempo de devanear XD

      Obrigada!
      A Mih e a Pet tiraram fotos muito lindas <3
      Pegaram meus ângulos mais sangrentos ahsuahus =P

      <3 Eu também fico tão feliz por mim! Porque eu realmente acredito nessas coisas e é por isso que faço.
      E cá entre nós, isso deve significar alguma coisa XD

      Cosplaaaaay! \o/
      Eu sempre parabenizo as pessoas pelos primeiros cosplay!
      É sempre tão lekau =3 Tirando a parte de esperar os correios, isso nunca é legal.
      Mas mande fotos sim \o/
      Eu gosto quando as pessoas me mandam fotos dos seus cosplays :3
      Me sinto uma pessoa que espalha a palavra sagrada no mundo \o/

      haushaushaush XD
      Já disse que onde nasci é "SinaleirOOOOO" rapaz :3
      haushuahsuahsuahsuhausha
      Todo mundo me zoa porque falo isso ao invés de semáforo.
      Gente, é uma placa com sinais: sinaleiro.

      haushaushu XD
      Tudo de bueno para o senhor :3

      Excluir
  2. Muito Bom di Lua!
    Parabens... pela coragem pela disposição pela garra e pelas fotos da hora-q

    eu tou numa depre absurda por não tah estudando..sinto falta da fac .. mesmo fazendo cursos não é meam coisa - ador a correria mesmo .. pelo menos me á certeza que to viva .. que to reclamando que vou morrer dessa forma ..mas to viva ainda e correndo-q

    isso muda de figura pro ano quem vem (arte me espere -q)

    não do tipo que faz greve e passeata e panelaço... me falta esse animo que vc tem de caçamba ( balde seria pouco no seu caso) mas reconheço que tenho que fazer algo então eu trabalho muito...
    as vezes dobrado ..me esforço... e procuro ser o mais cordial possivel e atender bem as pessoas...
    pra suprir a falta do amigo que ta greveando pra ajudar a todos a ter melhores condições de trabalho.
    e pra que ninguém saia falando por ai que funcionário publico é um folgado que não trabalha - meu cargo eu não desejo pra ninguém..é sério.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hasuahuhsauhsau XD
      Obrigada, Kelly.
      As fotos são cortesia das minhas fotógrafas amigas lolitas e quase irmãs :3

      A gente sente tanta falta, né?
      É muito única a sensação de estar lá e ter aquela correria louca de estudar loucamente, nada consegue substituir.

      Tô aqui torcendo pela sua pessoa fazer artes!
      Tenho muitas amigas nessas áreas artísticas, que fazem design e trabalham com essas coisas.
      Eu vejo que se é algo que você gosta de fazer é muito bacana e recompensador de trabalhar, ainda mais na área que você quer :3

      Que bom, Kelly.
      Nem todo mundo é do tipo que oferece a cara na rua pra bater, a gente pode mudar as coisas de várias formas possíveis.
      Eu sempre digo que um pouco de cordialidade e dedicação por parte dos servidores públicos ajuda muito mesmo às pessoas.
      É muito triste de ver as pessoas que não tem condições de pagar por um serviço serem mal tratadas por funcionários do governo, então me sinto muito feliz em ver que você é diferente delas :3
      Obrigada realmente por isso.
      Faz mais diferença do que você imagina. <3

      Excluir
  3. Meu, esta postagem foi LINDA! Tanto nas fotos quanto no texto, que combinou muito por sinal já que falava-se em vingança e aparecia a Saya toda ensanguentada hauihuas.

    E meu dues, como assim em Botucatu o ônibus parava às 18? é neste horário que todo mundo quer usar, que sem vergonhice. Dou todo meu apoio a vocês e fico feliz por terem conseguido! Que isso sirva de exemplo aos que acham que são vagabundos ¬¬"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haushaus né?
      Juro que não foi intencional essa coisa de sangue todo hasuhaush XD

      É a empresa de ônibus mais boçal que já vi, e pra piorar são duas que fazem a mesma coisa.
      Nunca vi coisa mais idiota.

      Obrigada! <3
      Fico feliz por termos conseguido várias coisas boas, esperamos que todas se concretizem logo \^^/

      Excluir
  4. Greve sempre avacalha os horários da aula x.x Mas que bom que deu resultado. Tomara que melhore ainda mais \o/
    E não é bobo não, todos queremos um mundo melhor, a diferença é que tem os que só querem e os que tiram o bumbum da cadeira e vão atrás do que querem ^^
    Adorei as fotos, você ficou muito bem com essa peruca (esse óculos também ficou bom =P), combinou xD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SIM! Meus horários ficaram todos zuados X_X
      Eu espero que tudo melhore mesmo =3
      Estou sempre disposta a abir mão de certas coisas por outras.

      Obrigada <3
      Eu gosto de mim com cabelo preto, deixa meu rosto destacado XD
      Esses são meus óculos antigos, eu sempre guardo as armações velhas para futuros cosplays =3

      Excluir

Todos os comentários são lidos e respondidos.
Comentários com teor preconceituoso ou intolerante não serão publicados.