01 abril 2012

Viagens e Bronzeados

Oi, gente!
Minha semana foi tão corrida, mas tão corrida que nem me lembro que tudo o que aconteceu XD
Eu comprei MUITA coisa, disso eu sei. Meu outro blog vai receber uma nova avalanche de posts sobre compras nos próximos dias.
Eu decidi fazer uma coisa diferente com o Falitas e colocar links de tudo o que comprar pela internet. Assim se você quer comprar alguma coisa mais quer uma opinião sobre a loja/vendedor pode dar uma olhada lá e ver o que eu achei dele.

Dia 29, quinta-feira, eu fui pra praia não é bacana?
Fiquei lá até ontem a noite quando voltei exausta e super cansada da viagem.
Fui para Ubatuba - SP com minha família. Meu namorado inicialmente iria com a gente, mas como ele teve prova na faculdade não pode vir T_T
A viagem foi super estranha/atrapalhada/azarada!
Nosso GPS resolver pirar totalmente e nos levou pra um lugar COMPLETAMENTE diferente da onde queríamos ir e depois pifou!
O puto tecnológico trollou todo mundo e sumiu antes de tirar a gente do problema!

Foi muito esquisito. Fomos seguindo trocentas placas sem saber para onde ir até chegar em São Paulo.
Vocês não fazem ideia de como São Paulo é grande, confusa e com um trânsito maluco.
Sabe-se lá como fomos parar, de alguma maneira absurdamente extraordinária, na 25 de Março e acabamos comprando outro GPS, que funcionou direitinho e nos tirou de lá.
Perdemos 3 horas de viagem nessa brincadeira de barata tonta e chegamos em Ubatuba com um dia de atraso.
Foi muito frustrante estar em São Paulo e não poder comprar tudo o que estou a tanto tempo querendo comprar lá.
Meu pai decidiu que gostou do lugar e que vai voltar lá no meio do ano para comprar muamba. É claro que vou dar um jeito que comprar TODOS  os tecidos e bugigangas que preciso e só vendem lá.

A parte boa desse desvio absurdo da rota foi que vimos alguns lugares bacanas, conhecemos uma parte pequena de São Paulo, andamos pela 25 de Março, conhecemos os estacionamentos SUPER esquisitos da cidade, passamos pelo RodoAnel que tanto ouvia falar...
No entanto o que mais em impressionou foi como São Paulo consegue ser uma cidade de extremos, ela tem prédios gigantes e super modernos, tem prédios antigos e bem conservados e tem lugares totalmente distruídos.
Duas coisas que me impressionaram foram os Motéis no centro da cidade e as favelas.
Eu fiquei pensando "Por que, diabos, tem Moteis do meio da cidade? Moteis não tem que ser lugares reservados em áreas afastadas pra te garantir privacidade?" , mas aí eu comentei com meu pai e ele me deu uma explicação que me pareceu óbvia e bastante inteligente.
A grande São Paulo é uma união de várias cidades que ficavam próximas, talvez aqueles moteis ficassem fora da cidade antigamente, mas quando a cidade cresceu e expandiu ,engoliu toda área entre as cidades, e locais que antes eram afastados se tornaram uma região central de São Paulo.
Essa explicação me pareceu super bacana porque não consigo imaginar um cara que veja um McDonnalds e diga:" Nossa, esse lugar no meio da cidade é super perfeito pra fazer um motel!" ahushauhasuh xD
As favelas me impressionaram porque são muito maiores do que você imagina que sejam, elas formam bairros inteiros, de tamanho realmente grande e as casas parecem que foram construídas uma em cima da outra. É realmente incrível ver as estruturas de pé em relevos tão acidentados.


Depois de passarmos em um milhão de cidades que não devíamos e pagar trocentos pedágios desnecessários, chegamos em Ubatuba com um dia inteiro perdido.
Nos hospedamos em uma pousada super bacana, daquelas que  tem elfos domésticos para arrumar seu quarto, eu costumo chamar camareiras de hoteis e pousadas de elfos domésticos porque as mulheres são como ninjas. Você nunca vê nenhuma delas mas sempre que volta para o quarto ele está magicamente arrumado.
Eu fiz a maior bagunça quando desfiz minha mala e deixei tudo esparramado pela cama antes de ir para a praia. Quando voltei minha roupa estava magicamente dobrada e arrumada em pilhas bonitinhas no guarda-roupa. Muuuuuuuuuuuuuuito esquisito e cômodo.
Como chegamos às 17:30h não tinha mais sol e o tempo estava meio nublado. Fui andar na praia com minha irmã pra esforlar os pés na areia dura.
É engraçado porque você tem a lembrança que a areia da praia é molenga e macia, mas aquele negócio é duro e áspero pra caramba XD


Antes de escurecer fomos andar naquelas bicicletas super esquisitas que  cabem 2~3 pessoas, que nas palavras do meu namorado, "é um programa bem familiar".
Ubatuba é uma cidade muito bacana pra andar de bicicleta porque é bem plana e tem várias ciclovias, mesmo sendo bem quente. Esse tipo de prática não dá certo em São Carlos porque a cidade tem um relevo horrível, além de ser muito quente e não ter uma área própria para ciclistas.
Eu costumo dizer que os fundadores de São Carlos viram a área mais cheia de morros da região e pensaram "Ah, que lugar maravilhoso! Vamos fazer uma cidade bem aqui. Vamos colocar o centro da cidade no meio de um buraco e quando as pessoas quiserem voltar pra casa vão ter que subir uns 100 metros de altura com uma inclinação de quase 90º. É perfeito!" ahsuhaushaushausauh xD


Visitamos aquela ossada de baleia que fica exposta na praça ao lado do áquario e o cais onde as tartarugas geralmente ficam .
Eu não tive sorte de ver tartarugas como da última vez mas visitei aquela o esqueleto da baleia que não ví da última vez que visitei Ubatuba.
Eu tinha minhas dúvidas se aquele esqueleto era de verdade mas pesquisei e ví que são verdadeiros sim.
É muito impressionante ver ossos desse tamanho e faz você se sentir meio imponente em pensar que existe algo na água deste tamanho absurdo.
As vezes eu penso que o ser humano é muito meleca para ter dominado esse planeta só usando metal e fogo XD



Enquanto víamos a baleia apareceu um daqueles vendedores de muamba que ganha uma nota preta vendendo coisas pra turista.
Eu geralmente não gosto deles, porque os considero inoportunos e muito faladores, mas o cara tinha uma habilidade muito boa em dobrar umas folhas e fazer coisas com elas.
Ele fez um gafanhoto muito bacaninha que acabei me apaixonando e meu pai comprou.


Depois compramos muita muamba de feirinhas, comemos muita tranqueira e nos três dias que fiquei lá tomei mais sol na cachola do que durante o ano todo.
Mesmo passando dois vidros de protetor solar voltei toda ardida e vermelha. Meu avô por parte de mãe é italiano e meu avô por parte de pai é espanhol. Meus genes são horríveis quando o assunto é alta incidencia de radiação solar e evolutivamente falando, não sou genéticamente preparada para morar em um país tropical como o Brasil.
É engraçado porque adoro praia, adoro água e adoro o Brasil. Sou a única mulher nacionalista que conheço e, embora não seja extremista, não trocaria esse lugar por nada no mundo.


Nesses três dias eu pude reparar o quanto sou nerd, santo Batman!
Eu preciso mesmo fazer algum exercício físico em minha vida antes que comece a ter problemas de saúde por causa disso.
Voltei toda quebrada de ficar pulando ondinhas na praia com minha irmã. Ela e meu pai são lutadores de Kung Fu e tem tudo firme no lugar. Mas eu? Quase morri, gente! haushauhsuahsuahsuahushaushaus XD


Enfim, praia é bacana e eu gosto.
Se você mora aqui por perto e não visitou Ubatuba, eu indico.
Pelo que reparei tem chovido muito menos na cidade do que normalmente, e posso dizer que um dia nublado em Ubatuba por incrível que pareça, pode ser um dia e praia bacana com água quente (cadê os amigos graduados em geografia/geologia pra explicar isso quando preciso?).
Fica a imagem bonitona que tiramos das rochas.



Lendo:
"As Crônicas de Gelo e Fogo: A Fúria dos Reis" de George R.R. Martin"

Assisti:
"Ratatouille"(2007) 

Música Viciante da Semana:
"Amerika" do Rammstein

Tutorial da semana: "Como Cortar Franjas"



Essa semana não teve tutorial novo porque o &¨$¨%#¨%¨do Youtube não me deixou enviar o vídeo.




4 comentários:

  1. Hmm tão gostosos ir a praia para relaxar, isto é, quando não é época festija e o povo não deixa vc dormir!
    Ahh e eu adoro esses programas mais familiares, como andar de bicicletas. haha Mas sei lá né, eu odeio balada então sou meio estranha.
    Ahh e tadinha de vc, mancada o gps quebrar >.<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Praia é muito relaxante mesmo. Nunca tive problemas com barulhos porque não costumo ir no meio das temporadas.
      Eu gosto bastante desses programas familiares também, mesmo~gostando de baladas xD
      GPS quebrado no meio de viagem é algo absudamente desesperador, e o pior de tudo e´que ele era novinho!

      Excluir
  2. Eu fui pra Ubatuba esse ano o GPS pira mesmo por lá!
    De acordo com ele nossa ru ficava tres quadras pra dentro do mar 8D~
    E se duvidar vc viu o mesmo vendedor free talker que eu, ele fez uma rosa dessas pra gente xD

    Essa Luka parece estar dando um trabalho do cão (Y)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sei exatamente porque mas a área perto da praia de Ubatuba não é muito bem mapeada, porque todo GPS que vi, tem umas 2 quadras de erro da praia..
      O nosso é bugado mesmo XD

      Eu ganhei a rosa também XDD
      É bacana mas o chato que a arte morre depois de um tempo =/

      Quase tive uma úlcera pra terminar a Luka a tempo XD
      Não foi cara, mas foi absurdamente trabalhosa.

      Excluir

Todos os comentários são lidos e respondidos.
Comentários com teor preconceituoso ou intolerante não serão publicados.